Segunda-feira, 18 de Novembro de 2019
Bahia

Dois corpos são encontrados com marcas de tiros às margens da BA 120, em Coité

Publicada em 11/10/19 às 08:48h - 228 visualizações

por JORGEQUIXABEIRA


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: JORGEQUIXABEIRA)
Horas depois do corpo de um homem ser encontrado com tiro na cabeça disparado com arma de grosso calibre, isto no fim da tarde de quarta-feira, 09, na região da Fazenda Mocó, município de Riachão do Jacuípe, bem próximo a rodovia BA 120 que liga a Conceição do Coité, a Polícia Militar é informada da existência de dois corpos do sexo masculino próximo a cerca de arme de uma fazenda às margens da mesma rodovia, na altura do Km 273, numa distancia aproximada de 300 metros do acesso ao Povoado de Almas – Coité.
Segundo a PM de Conceição do Coité a informação chegou a sede da 4ª Companhia por volta das 05h30 e de imediato a guarnição se deslocou e constatou o fato. 
Ainda de acordo com os militares, não havia nenhum morador por perto e quem esteve, disse não conhecer as vítimas que aparentemente estavam sem documentos.Os dois homens com idades entre 20 e 25 anos estão algemados e a suspeita é de que foram levados para aquele local e executados. Um deles veste calça jeans e camisa de malha azul marinho e calça sandálias tipo havaianas. Este mesmo tem o braço e antebraço direito tatuado. O outro, vestido de camisa de malha preta e short tacktel na cor cinza com detalhes em preto também tem os braços tatuado, com a frase “vida louca” no antebraço direito.

Até por volta das 08h30 desta quinta-feira, 10, os corpos estavam no local aguardando a chegada do Departamento de Polícia Técnica – DPT de Serrinha.

Fonte: Calila Notícias




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (74)98064146

Visitas: 91800437
Usuários Online: 99
Copyright (c) 2019 - JORGEQUIXABEIRA